Diploma eterno

Diploma eterno

A alegria era visível, e não poderia ser diferente: era a noite máxima do ano, a colação de grau de mais uma turma de formandos. Após receberem o diploma das mãos do paraninfo, todos passavam pela cátedra e declaravam, em 30 segundos, seus principais motivos de gratidão.

Um deles, após agradecer a pais, amigos e familiares, levantou a mão direita, na qual segurava o diploma e disse:

– Quando eu entrei aqui, eu vim buscar isto!

Em seguida, levantou a mão esquerda, na qual segurava a Bíblia, e completou:

– Mas saio daqui levando também isto!

Ao longo de sua caminhada na instituição, o agora formado recebeu não apenas conhecimento para a vida terrena, mas conheceu também as Sagradas Letras que o tornaram sábio para a Vida Eterna.

Este trabalho é diário na Comunidade Evangélica Luterana São Paulo (CELSP) e na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA): comunicar o amor de
Deus em Cristo, zelando pela confessionalidade da instituição e promovendo um ambiente humano, ético e cristão. E os testemunhos revelam a ação de Deus. A estudante que, depois de ficar indignada com o ensino do professor numa aula de Cultura Religiosa, tempos mais tarde deixou a religião não cristã em que estava e voltou a ser ativa em sua igreja. As congregações luteranas que surgiram a partir do trabalho de capelães locais. O músico que tornou-se cristão porque tocou com uma das bandas e sentiu “algo diferente”. E mui-tos outros. A Bíblia entregue no dia da formatura é o corolário deste trabalho diário de testemunho, ensino e amor.

No dia da colação de grau, portanto, cada formando, ao passar pela mesa e receber o diploma das mãos do paraninfo, recebe também das mãos de um pastor um exemplar da Bíblia Sagrada. Além do texto sagrado, ela contém também texto especial sobre a Reforma e a Educação, de autoria do professor dr. Ricardo Rieth, e o prefácio aos testamentos, de Martinho Lutero. São incontáveis os exemplares do livro sagrado já distribuídos ao longo de décadas dentro da instituição. Pessoas vão à CELSP/ULBRA em busca do diploma de reconhecimento de sua instrução e acabam recebendo o diploma de que são reconhecidos, pela fé em Cristo, como filhos de Deus. Ou seja, vão para a vida levando nas mãos não apenas o conhecimento, mas também a Verdade que liberta. E que os habilita para a vida sem fim.

Authored by: lucasalbrecht

Capelão-Geral da CELSP/ULBRA

Deixe uma resposta